Porque é que Jesus só ressuscitou ao terceiro dia?

A ressurreição de Jesus ao 3º dia é anunciada por Ele aos seus discípulos e aos judeus e testemunhada pelos apóstolos. São Paulo, na 1ª Carta aos Coríntios, afirma que tal aconteceu «segundo a Escritura» (15, 4). Embora esta afirmação não tenha presente nenhum texto específico da Bíblia, há referências a este tema, por exemplo, no livro do profeta Oseias (6, 1-3), referências que os exegetas interpretam como significando um tempo curto.

Há também razões culturais que podem ajudar a entender esta referência. Os judeus só acreditavam que uma pessoa estivesse morta após três dias, mesmo que incompletos; se Jesus ressuscitasse antes, haveria a desculpa de dizer que Ele não tinha morrido.

2 Comments

  1. Na verdade, o real motivo, se trata da passagem da Páscoa, em que Jesus vai ao templo e expulsa os mercadores. Os doutores do templo vêm lhe questionar qual autoridade tinha para isso, e o que o Mestre diz? Diz que poderia destruí-lo e reconstruí-lo em três dias. É para mostrar que o templo do Senhor, não está nas sinagogas, nas igrejas, nos centros espíritas, mas no interior de cada um de nós e que chegariam os tempos em que os templos cairiam por terra, e toda a fartura do ouro e dos luxos clericais, também cairão. Não é por acaso, também que Jesus morre no dia da Páscoa judaica: se trata do mesmo dia em que faz esta promessa.

  2. Faz sentido, mas acho que para a pergunta do “Porque?” somente após 3 dias ele ressuscitou o que mais responde é a questão cultural dos judeus mesmo.

Deixe um comentário

Navigate